quarta-feira, 28 de março de 2012

Alguns Exemplos das Doenças Psicossomáticas Freqüentes no Consultório.


  1. Vitiligo – Está muito ligado ao ambiente. A importância da relação inicial entre mãe e bebe como forma preventiva de futuras manifestações na pele (relações interpessoais e má comunicação com o mundo). A pele é o envelope do corpo assim como o corpo o envelope do psiquismo. EU PELE. Daí o vitiligo ser considerado como falhas no contato inicial com a mãe. Em estudos de pesquisa vários pacientes com vitiligo se referiam as dificuldades com a figura materna, relatando a ausência da mãe como nutridora e afetiva. Essas mães muitas vezes, mostravam-se dominadoras, autoritárias, e não afetivas e, em algumas situações, incomodadas com o papel de mãe. A pele é um canal de comunicação pré-verbal no inicio do desenvolvimento infantil em que sentimentos não expressos podem ser experienciados e observados. Problemas nessas comunicações poderão acarretar frustração das necessidades infantis, provocando dermatite infantil. (traumas, stress, ansiedade e depressão).
    2.Stress e Psoríase – Experiências de pesquisas apontam para 205 dermatoses não malignas que são decorrentes do stress.

    3. Acne – Percepção do paciente em nível de tristeza (qualidade de vida, vergonha a aparência, tudo que desperta aspectos de sujeira) resultando baixa estima.

    Saudações,

    Madalena Freitas
    Psicóloga

5 comentários:

  1. Respostas
    1. queroo Saber O Exemplo de Doenças Psicossomáticas Querro fazer um trabalho sobre isso e achei isso interessante !♥

      Excluir
  2. Irei pedir para nossa Psicóloga responder ok?

    ResponderExcluir